Folha Dirigida - O maior site de concursos do Brasil

Blog – Coluna do Professor

Matérias da categoria ‘Duque de Caxias’

Profissionais de redes municipais pelo Rio intensificam mobilizações

nenhum comentário

Os professores das redes municipais de Niterói, Nilópolis e Duque de Caxias seguem mobilizados em torno de reivindicações como reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Os docentes de Niterói anunciaram uma paralisação de 48 horas na terça e quarta, dias 20 e 21, com a realização de atos e uma assembleia. Na terça, 21, os educadores de Nilópolis, que chegaram a ocupar o prédio da prefeitura, farão uma plenária para decidir os rumos do movimento.

Em Caxias, a assembleia docente será na quarta-feira, dia 21, às 9 horas, no Clube dos 500. Antes, na terça, dia 21, farão uma reunião com os os pais e, a partir das 15 horas, irão até a Câmara dos Vereadores. A concentrarão está marcada para Secretaria Municipal de Educação (SME). A categoria exige eleições diretas para diretores; ampliação, construção e reforma de escolas; material didático; concurso público; e a aprovação imediata do Plano Municipal de Educação.

No dia 20, os profissionais do magistério de Niterói farão uma manifestação na Alameda São Boaventura (altura da Igreja de São Lourenço), a partir das 16h30. No dia seguinte, está programado um ato no Polo do Barreto, às 9 horas, seguido de assembleia geral, na Escola Municipal Alberto Torres, ao lado da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal Fluminense (UFF), às 15 horas. Eles pedem 20% de aumento, 1/3 da carga horária para planejamento, adicionais de insalubridade e periculosidade para todos os funcionários e um projeto de educação integral.

Em Nilópolis, os docentes, em greve desde o último dia 13,  entraram no prédio do governo municipal por volta das 10 horas de sexta-feira, dia 16, para exigir que o prefeito Alessandro Calazans abra negociações em torno da pauta de reivindicações da categoria. Os manifestantes só se retiraram às 14 horas, depois que o chefe de gabinete do prefeito se comprometeu em marcar a reunião com Calazans, que não estava no local. Representantes do Ministério Público também participarão da reunião.

Escrito por thiago.lopes

19/05/2014 às 19:13

Rede municipal de Caxias mantém estado de greve

com um comentário

Em assembleia realizada na última quinta-feira, dia 31 de janeiro, os profissionais da rede municipal de Duque de Caxias decidiram continuar em estado de greve. O motivo é o atraso no pagamento dos salários. O próximo encontro foi marcado para o dia 19 de fevereiro, no Clube Camponeses de Portugal, no bairro Jardim Primavera, a partir das 14 horas.

Um dia antes, a direção do Sepe Caxias teve duas audiências com membros do governo municipal. Uma delas foi na secretaria de educação, onde o ponto principal da discussão foi a alteração no calendário escolar, que transferiu o início das aulas para o dia 18 de fevereiro, com a retirada de uma semana do recesso de julho na rede, o que deixaria a categoria com apenas uma semana de recesso. Após a conversa, o órgão acabou recuando e garantiu o recesso de 14 dias. Alem disso, foi agendada nova audiência para o dia 27 de fevereiro.

A outra foi uma audiência com o secretário de governo, Luiz Fernando. Ele alegou dificuldades com a arrecadação municipal e disse que o governo fará todo o esforço para regularizar a situação, inclusive do 13º salário de todos os funcionários (ativos e aposentados). Contudo, não apresentou um calendário para o pagamento dos salários de janeiro, nem disse se o mesmo será pago com o 1/3 de férias. Sobre os terceirizados, ele garantiu que realizará os pagamentos até o dia 6 de fevereiro.

Escrito por thiago.lopes

04/02/2013 às 17:54

Professores de Caxias farão assembleia na quinta e podem decretar greve

nenhum comentário

Mobilizados desde o ano passado por causa dos atrasos do pagamento e do 13º salários, os profissionais da rede municipal de Duque de Caxias realizarão, na quinta-feira, dia 31, uma assembleia geral e podem até mesmo decidir entrar em greve por tempo indeterminado, caso o prefeito Alexandre Cardoso não regularize a situação dos valores que ainda não foram pagos. O encontro será no Clube dos 500, às 10 horas.

De acordo com o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro (Sepe), a prefeitura ainda não quitou todo o 13º salário ao funcionalismo, nem a gratificação de 1/3 de férias aos profissionais da educação e não há um calendário de pagamento para o restante do ano. Além disso, o anúncio de que a prefeitura pode promover a contratação de professores em lugar de convocar concurso público para cobrir a carência de docentes nas escolas também é motivo de insatisfação da categoria.

O Sepe de Duque de Caxias pediu, em nota, que Cardoso convoque concursos públicos. “Quem ganha a eleição assume o ônus e o bônus. É urgente realizar concursos públicos para educação e saúde. Nenhuma promessa de campanha nestas áreas poderá ser cumprida sem essa medida”, diz um trecho.

A situação dos servidores da rede municipal de Caxias vinha se agravando desde os meses finais do governo do ex-prefeito Zito, com sucessivos atrasos nos pagamentos. Cardoso tomou posse no início de janeiro e alegou problemas com o caixa da prefeitura.

Escrito por thiago.lopes

29/01/2013 às 17:47

Professores de Caxias e Meriti sofrem com atrasos no pagamento dos salários

nenhum comentário

Em assembleia geral, realizada na quarta-feira, dia 16, os profissionais das escolas municipais de Duque de Caxias decretaram estado de greve. O motivo da decisão foi o atraso no pagamento dos salários de dezembro e do 13º. O problema também atinge a rede de São João de Meriti, onde os servidores, também por problemas no pagamento, promoveram um protesto, na mesma data.

No dia 31 de janeiro, acontecerá um novo encontro entre os servidores de Caxias, às 10 horas, no Clube dos 500, para decidir os rumos da mobilização. Caso a situação não esteja regularizada, a categoria ameaça não reiniciar o ano letivo, no dia 1º de fevereiro.

Na sexta-feira, dia 18, o prefeito de Caxias, Alexandre Cardoso, anunciou que iria pagar os vencimentos dos que recebem até R$5 mil. Entretanto, os trabalhadores reclamam que isso não contempla mais de 60% dos professores da rede que, por causa da falta de profissionais nas escolas, realizam dobras na sua carga horária e recebem mais do que o valor anunciado por Cardoso. O prefeito não garantiu quando pagará o restante do funcionalismo para regularizar a situação do atraso nos salários de dezembro e nem quando vai pagar o 13º salário.

Também no dia 18, os professores se reuniram na Praça Roberto Silveira, localizada no Centro da cidade, onde organizaram o “Bloco dos Sem”: sem salários, sem 13º e sem calendário de pagamento. A situação dos servidores da rede municipal de Caxias vinha se agravando desde os meses finais do governo do ex-prefeito Zito, com sucessivos atrasos nos pagamentos. Cardoso tomou posse no início de janeiro e alegou problemas com o caixa da prefeitura.

Já em São João de Meriti, os educadores solicitavam uma audiência com o prefeito Sandro Matos para tratar sobre o calendário de pagamento. Porém, como o prefeito não se encontrava no município, a reunião não foi realizada e deverá ocorrer em data próxima. Segundo o núcleo do Sepe em Meriti, desde o ano passado, a categoria vem exigindo um calendário de pagamento.

Escrito por thiago.lopes

21/01/2013 às 18:01

Professores de Duque de Caxias podem decretar greve a partir de fevereiro

com 4 comentários

Após audiência realizada entre representantes do funcionalismo municipal de Duque de Caxias e o novo prefeito Alexandre Cardoso, na última quinta-feira, dia 10, o núcleo do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe) do município marcou uma assembleia extraordinária para a próxima quarta, dia 16. No encontro, que acontecerá no salão do Clube dos 500, no bairro 25 de Agosto, às 16 horas, a categoria poderá decretar greve a partir de fevereiro.

O motivo da insatisfação foi o fato de o prefeito, junto com seu secretário de governo, Luiz Fernando Couto, segundo nota divulgada pelo sindicato, não saberem precisar quando será feito o pagamento da segunda metade do 13º para os funcionários da ativa e aposentados. De acordo com eles, o salário de dezembro de todos os servidores só será pago imediatamente caso tenham sucesso em uma negociação com a Caixa Econômica Federal para conseguir crédito.

Os cerca de 300 funcionários reunidos em ato público na porta da prefeitura para acompanhar a audiência não gostaram da falta de prazos e respostas. Segundo o sindicato, o acontecimento revela que não houve nenhuma preparação e planejamento da nova gestão para enfrentar os graves problemas enfrentados por Caxias.

Escrito por thiago.lopes

14/01/2013 às 18:58

Sepe Niterói arrecada doações para vítimas da chuva em Caxias

nenhum comentário

O núcleo do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe) de Niterói iniciou uma campanha para arrecadar donativos para as vítimas das enchentes no município de Duque de Caxias, em razão das fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro no início do mês.

As maiores necessidades são: alimentos não perecíveis, roupas, remédios, brinquedos, produtos de higiene geral e íntima. As doações podem ser deixadas na sede do sindicato, localizada no Centro de Niterói, ou nas escolas da rede ou nas Unidades Municipais de Educação Infantil (Umei).

No mês de janeiro, o Sepe-Niterói funcionará com plantões nas terças e quintas, das 10 às 16 horas. O funcionamento em horário especial se dá em função das férias do grupo do magistério e de parte da direção colegiada do núcleo.

Serviço
Endereço: Avenida Amaral Peixoto, 450, sala 305, Centro de Niterói
www.seperjniteroi.blogspot.com.br

Escrito por thiago.lopes

14/01/2013 às 18:51

Publicado em Duque de Caxias,Niterói

Sindicato e novo prefeito de Caxias discutem regularização do 13º salário

com um comentário

O Sindicato Estadual de Profissionais da Educação do Rio de Janeiro (Sepe) se reuniu, na última quarta-feira, dia 2, com o novo prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, para discutir a situação dos servidores municipais que estão com o pagamento do 13º salário atrasado. De acordo com ele, no momento, não há dinheiro.

Cardoso informou que encontrou a cidade falida. No entanto, se comprometeu a marcar uma nova reunião, provavelmente nesta semana, para esclarecer com mais detalhes o que será feito para efetuar o pagamento. Ele classificou o caso como “prioridade absoluta”, mas pediu um tempo para entender a situação administrativa da cidade. Também participaram do encontro o secretário de governo, Luiz Fernando Couto, o procurador do município, André Luís Mançano Marques, e o vice prefeito, Laury Villar.

No final de 2012, ainda sob a gestão do ex-prefeito Zito, o sindicato obteve uma liminar a favor de um Mandato de Segurança Coletivo, para que os pagamentos fossem regularizados até o último dia do ano. Com o não cumprimento, o Sepe enviou, no dia 2, uma petição informando a situação e pedindo a responsabilização de Zito. De acordo com o sindicato, cerca de 10 mil servidores estão com o pagamento irregular.

Escrito por thiago.lopes

07/01/2013 às 18:26

Publicado em Duque de Caxias

Professores da rede municipal de Duque de Caxias farão enterro simbólico do prefeito

nenhum comentário

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) de Duque de Caxias, junto com demais entidades de servidores do município, realizará, na terça-feira, dia 4, um ato de protesto com o enterro simbólico do atual prefeito José Camilo Zito. A manifestação acontecerá na Praça Roberto Silveira, a partir das 10 horas.

O motivo é o que os manifestantes chamaram de “verdadeiro caos nos serviços públicos de Caxias e aos atrasos no pagamento dos servidores municipais provocado pelo abandono do prefeito, depois que ele foi derrotado nas eleições municipais”. Por conta disso, serviços como coleta de lixo, atendimento à saúde e merenda escolar se encontram em péssimas condições.

Nas escolas municipais, por exemplo, os educadores denunciam problemas com a falta de água, de merenda e de material didático, o que está fazendo com que as escolas funcionem de forma precária.

Escrito por thiago.lopes

04/12/2012 às 15:37

Publicado em Duque de Caxias

Docentes aposentados de Caxias cobram salários atrasados

nenhum comentário

Na manhã de sexta-feira, dia 10, o Sepe de Duque de Caxias esteve no Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias (IPMDC), acompanhando uma comissão de aposentadas, para cobrar uma solução sobre o atraso do pagamento dos salário de julho dos aposentados, que deveria ser efetuado no início de agosto.

Os manifestantes foram recebidos pela secretária da presidência e apresentaram todas as queixas com relação ao calendário de pagamentos. A informação oficial do governo, segundo a secretária, é que a previsão do pagamento é para terça, dia 14 deste. A comissão reafirmou a cobrança, mostrando a necessidade de solução imediata para o problema não só no que diz respeito a este mês, mas também dos subsequentes.

Escrito por thiago.lopes

13/08/2012 às 20:13

Professores de Duque de Caxias cobram a divulgação do calendário de pagamento

nenhum comentário

Os profissionais da rede municipal de Duque de Caxias realizaram na sexta-feira, dia 6 de julho, uma manifestação na porta da prefeitura, em Jardim Primavera. O ato foi organizado pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe), núcleo Duque de Caxias.

Entre as reinvindicações, foi cobrado o calendário de pagamento dos servidores, o pagamento de aposentados junto com ativos até o 5º dia útil, uma solução para os constantes atrasos de salários e desrespeito aos trabalhadores terceirizados da educação e a solução para o problema da merenda.

Durante o protesto, segundo informações do entidade, os manifestantes ocuparam as escadarias do prédio até serem recebidos oficialmente por um representante da prefeitura. De acordo com o sindicato, ele garantiu que os problemas denunciados serão discutidos nos próximos dias entre o Sepe e as secretarias de Educação e Fazenda.

Escrito por thiago.lopes

09/07/2012 às 19:27

Publicado em Duque de Caxias